o Douglas Mazur, o cara que teve a infelicidade de ter o mesmo sangue que eu. TE AMO, meu bebezão-que-cresceu-tão-rápido.