"Para ser ator é preciso deixar-de-ser. Isso mesmo! Trocando em miúdos: SER NADA. Porque no nada, tudo cabe."