Isso é o bom da infância; crer que tudo é real. Não importa o quão fantasioso pareça, para uma criança é real.