E a compulsão por #livros não para.