Cansei de viver. Cansei das pessoas a minha volta, cansei de tanta falsidade. Cansei das pessoas me julgando, julgando as coisas que eu faço, julgando as pessoas que eu amo. Só quero distância do mundo, quero viver no meu mundinho ingênio, sem graça, mas que eu sou feliz sozinha. Sempre fui uma menina extrovertida, sempre vai em festinhas, sempre sai com as amigas, só que passou a vontade de fazer isso, agora eu não quero mais sair, não quero mais ficar em volta das minhas amigas, porque se eu to do lado delas, elas só falam mal de outras, só sabem criticar. Isso cansa, cansa um dia você conviver com as mesmas e as mesma pessoas, vê-las todos os dias, e ter que aturar muita falta de educação. Quem me conhece pode achar que não sou eu que escrevi esse texto. Sempre uma menina com um sorriso estampado no rosto, falando isso, não. Cansei de putas que convivem comigo, porquê muitas das minhas amigas são. Não valorizam a beleza externa que elas têm, porque garanto que se eu fosse como uma delas, eu me valorizaria muito mais do que elas. As pessoas enjoam a cada dia, sei lá, eu não tenho mais a mesma vontade, mais a mesma disposição de fazer as coisas, como eu tinha antes. Só quero paz, só quero respeito. Espero que isso seja só uma fase, não quero que muitas (os) dos meus amigos leiam isso, porque sei que elas vão falar merda. Não tá tudo bem, mas eu tenho que fingir que tá. Até o Silas (treinador de vôlei) percebeu isso. Dói perceber as coisas e não poder falar. Dói perder amigas e não poder fazer nada. Dói saber que quem você ama, tá pouco se fudendo pra você. Mas chega, como eu disse, só quero viver no meu mundinho ingênio, mas que eu sou feliz.                                                                         - eu.