Marcio Thomaz Bastos, advogado de Cachoeira, aguarda para deixar Senado pela porta dos fundos (foto Cadu Gomes)