Minha mesa de trabalho em 2004. Celular ultramoderno. Monitor de tubo. Dinozauros de estimação. Era todo um caos.