Hellen Martins

@hellenkm_

Seja em você a mudança que quer para o mundo!

Não sei se isso foi uma realidade mal vivida ou uma realidade do destino. Ele parecia triste. Percebi que alguma coisa estava errada, ele me disse que eu nunca mais poderia vê-lo, ele iria para bem longe, morar em outro lugar; Da minha boca saía apenas os soluços do meu choro que veio a tona, as lágrimas dos meus olhos não eram as mesmas, eram diferentes, eram mais tristes. Ele se foi. Partiu naquele mesmo dia, e eu fiquei aqui só, no escuro, sentindo falta do aconchego que em seus braços eu ficava horas e horas, ele susurrava baixinho no meu ouvido dizendo que me amava e que nunca iria me deixar. E até hoje o que me restou foi a sua voz no meu ouvido e eu me pergunto "por que" sempre que vejo nossa foto que até hoje está gravada em meu celular; Não sei se ele ainda pensa em mim o quanto penso nele; E o que restou agora? Minhas lágrimas nos lençois borrando meu lápis de olho sempre que penso em seus beijos. Insisto em te querer. Mas vejo que já é tarde; Mais serei eternamente grata por ele ter me ensinado o que era o amor, e agora eu aprendi que depois do amor existe a dor e depois da dor? A saudade que não cabe mais em mim. E em entre quatro paredes, eu apenas digo que sinto a sua falta s2

Views 31

1575 days ago

Não sei se isso foi uma realidade mal vivida ou uma realidade do destino. Ele parecia triste. Percebi que alguma coisa estava errada, ele me disse que eu nunca mais poderia vê-lo, ele iria para bem longe, morar em outro lugar; Da minha boca saía apenas os soluços do meu choro que veio a tona, as lágrimas dos meus olhos não eram as mesmas, eram diferentes, eram mais tristes. Ele se foi. Partiu naquele mesmo dia, e eu fiquei aqui só, no escuro, sentindo falta do aconchego que em seus braços eu ficava horas e horas, ele susurrava baixinho no meu ouvido dizendo que me amava e que nunca iria me deixar. E até hoje o que me restou foi a sua voz no meu ouvido e eu me pergunto "por que" sempre que vejo nossa foto que até hoje está gravada em meu celular; Não sei se ele ainda pensa em mim o quanto penso nele; E o que restou agora? Minhas lágrimas nos lençois borrando meu lápis de olho sempre que penso em seus beijos. Insisto em te querer. Mas vejo que já é tarde; Mais serei eternamente grata por ele ter me ensinado o que era o amor, e agora eu aprendi que depois do amor existe a dor e depois da dor? A saudade que não cabe mais em mim. E em entre quatro paredes, eu apenas digo que sinto a sua falta s2

0 Comments

Realtime comments disabled